(67) 2108-8400

Av. Marcelino Pires, 4731
Dourados - MS

ATENÇÃO: "Confira os horários e não perca seu ônibus.

O que significa (na prática) migrar de UI Design para UX Design?

Toda semana recebo emails de pessoas interessadas em migrar de UI Design para UX Design. Você mesmo deve conhecer alguém que também esteja interessado nessa transição. Mas você já parou para pensar em todas as implicações dela?
 
Legenda

Com o crescimento da importância dos profissionais de UX no processo de criação de produtos digitais no mercado atual, cresce também o interesse de pessoas com background em outras áreas em fazer a transição para essa disciplina. Grande parte desses profissionais são provenientes do mundo de UI Design (User Interface Design) e agora estão interessados em trabalhar com UX Design (User Experience Design) – uma diferença sutil, mas que pode ter impacto maior do que se imagina na forma de se trabalhar no dia a dia.

Disclaimer: este post não é sobre profissionais híbridos que desempenham (ou tentam desempenhar) um papel só que atua nos dois lados do processo de design. Isso é uma discussão à parte, e para isso recomendo a leitura: os híbridos UX/UI Designers >

Acontece que essa mudança é muito mais complexa do que simplesmente uma atualização no nome do cargo no Linkedin. Afinal, mudar o nome do cargo não te transforma automaticamente em uma coisa que você não é, sem que haja algum tipo de treinamento formal ou informal, experiência de trabalho, tentativa e erro, ou seja o que for.

Essa transição requer também uma série de mudanças na forma de pensar a construção de sistemas interativos.